A Associação das Distribuidoras de Combustíveis – BRASILCOM, fundada em 1994 como Sindicato das Distribuidoras Regionais Brasileiras de Combustíveis, reúne atualmente 46 distribuidoras regionais brasileiras de combustíveis instaladas em quase todos os estados. Com sede no Rio de Janeiro, a associação tem forte atuação na defesa do setor de combustíveis.

Em 2015, com a criação da Federação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Gás Natural  e Bicombustíveis – BRASILCOM, o Sindicato das Distribuidoras Regionais Brasileiras de Combustíveis se transformou na Associação das Distribuidoras de Combustíveis – BRASILCOM.

Durante todos esse anos, a BRASILCOM esteve à frente de várias lutas para melhorias do mercado. A entidade contribuiu com proposições claras e objetivas em diferentes áreas como abastecimento, biocombustíveis, exploração e produção, fiscalização, gás natural, qualidade e segurança operacional.

A associação esteve à frente de lutas históricas e foi autora da proposta, ao Ministério de Minas e Energia (MME), do modelo de leilão do biodiesel utilizado até hoje. Também se destacou pela participação ativa nos debates da desregulamentação do setor, que permitiu a entrada de distribuidoras regionais e o fim do monopólio de grandes empresas internacionais; a atuação na revogação dos dispositivos legais que proibiam o posto revendedor de comprar livremente de qualquer distribuidora; no estabelecimento da Petrobras como única substituta tributária para o recolhimento do ICMS; na mudança da sistemática de repasse ao produtor do subsídio do álcool; na liberação dos preços de combustíveis, e na desequalização gradativa do preço do óleo diesel.

Atualmente, o mercado presencia a consolidação das distribuidoras regionais brasileiras com investimentos em bases, bandeiras próprias e na política do setor.

A história de êxito das distribuidoras regionais de combustíveis é possível pela sua união através da BRASILCOM. A associação reúne, representa e fortalece o setor. Contribui para a construção de um País melhor para todos.

brasilcom-infografico